Arquivo da tag: Sedã

BMW Série 3

BMW Série 3

Continuar lendo BMW Série 3

Anúncios

Novo Honda Civic 2011

Próxima geração do sedã será fabricada na unidade de Sumaré, em São Paulo

Protótipo do novo Honda Civic: linhas próximas ao modelo finalA Honda fez suspense, mas não revelou por inteiro a nova geração do Civic no Salão de Detroit 2011. Em vez de mostrar o carro em suas linhas finais, a fabricante japonesa exibiu um protótipo muito próximo ao modelo que será vendido neste ano nos Estados Unidos e em meados de 2012 no Brasil.

Protótipo do novo Honda Civic
Sem romper totalmente com as linhas do carro que liderou o segmento dos sedãs médios durante alguns anos no Brasil (desde 2009 o arquirrival Toyota Corolla ocupa esta posição), a Honda foi conservadora. A frente mudou pouco e chega a lembrar o Kia Cerato, enquanto a traseira, que recebeu as maiores modificações, remete ao Accord, “irmão” maior do Civic.
Na lateral, as linhas parecem praticamente as mesmas. O painel continua com dois níveis e velocímetro digital, mas a imagem, contudo, não foi disponibilizada pela montadora.

Protótipo do novo Honda Civic
Controle de estabilidade e Eco Assist

Junto ao Civic de 4 portas, a Honda apresentou também o conceito do Si, que nos Estados Unidos é oferecido em carroceria cupê de 2 portas (se ele continuar a ser vendido no Brasil, será como sedã). A gama para o mercado norte-americano será composta por duas versões Si, duas opções a gasolina (sedã e cupê), uma movida a gás natural e outra híbrida.Honda Civic Si Concept
Por lá, todos os modelos serão equipados com VSA (Vehicle Stability Assist, ou controle de estabilidade do veículo) e alguns terão o dispositivo Eco Assist, que é capaz de alterar alguns parâmetros de funcionamento do carro para poupar combustível.

Honda Civic Si Concept

Novo Hyundai Elantra chegará ao Brasil em 2011 com motor flex

Civic, Corolla, Vectra e companhia serão os principais concorrentes

  Divulgação

Basta reparar nas linhas do novo Elantra para saber em qual concorrente a Hyundai apontou a mira: Honda Civic. E a semelhança vai além do visual esportivo, com frente baixa e traseira curta. A distância entre-eixos de 2,70 metros é a mesma. A diferença, nesse caso, é que o coreano traz um novíssimo motor 1.8 16V da família Nu, de 150 cv e 18,1 kgfm de torque – que por aqui já virá em versão flex, garante a Hyundai. Outra novidade fica por conta da transmissão, que passa a ter seis marchas tanto na versão manual quanto na automática. O conjunto parece acertado: a marca divulga 0 a 100 km/h em 9,0 segundos e consumo de até 17 km/l.

   Divulgação

Também de olho no consumidor do Civic, o Elantra ganhou suspensão mais firme (embora mantenha o eixo de torção na traseira) um painel com desenho arrojado. O comprimento é semelhante ao do Honda, com 4,53 m, mas o Hyundai leva vantagem no porta-malas, de 420 litros.

Contatado por e-mail, o sul-coreano Khim Woon, participante de um fórum automotivo na Coreia do Sul, escreveu dizendo que acabou de comprar um Avante 2011 (nome do Elantra em seu país de origem). Segundo ele, o sedã tem ótima dirigibilidade. “O câmbio manual apresenta engates suaves (embora não tão suaves quanto o do Civic) e o carro é gostoso de dirigir.” O único problema apontado por Khim Woon é a direção elétrica leve demais, principalmente em velocidades de estrada. A Hyundai justifica que optou por esse acerto por causa dos EUA, onde o carro terá grande parte de suas vendas – até com produção local, no Alabama.

A marca vem trabalhando a questão do preço. “Temos de conseguir um valor competitivo para brigar com Civic e Corolla”. Por essa afirmação, espere valores entre R$ 65 mil e R$ 70 mil na versão de entrada, com ar-condicionado analógico. Já a topo de linha poderá passar dos R$ 80 mil. Além de bancos de couro e ar digital, o Elantra top oferece um sistema de auxílio de estacionamento (SPAS) que faz baliza sozinho, semelhante ao recurso do VW Tiguan.

   Divulgação